Quentinho da gráfica

Novo livro de Nei Lopes e reedições de obras importantes são os destaques da semana

Nenhum Comentário

Capa O preto que falava Iidiche V3 MFO PRETO QUE FALAVA IÍDICHE | Nei Lopes | Record

Neste “O preto que falava iídiche”, Nei Lopes, nascido numa família do subúrbio carioca formada na primeira década do século XX, prossegue com seu instigante propósito literário. Com ele, tanto como nas coletâneas “Vinte contos e uns trocados” e “Nas águas desta baía há muito tempo”, como no romance “Rio Negro, 50”, também publicados pela Editora Record, enriquece a ficção brasileira com grande elenco de protagonistas negros. A partir do relacionamento apaixonado, fortuito e proibido do preto inteligentíssimo Nozinho, que falava até iídiche, com a bela e branca judia Rachel, o romance enlaça as vivências e memórias de suas origens com as de outro grupo historicamente marcado pelo racismo, o das comunidades judaicas.  E o faz, como sempre, associando leveza e humor a reflexões profundas sobre arte, religiosidade e costumes. Da Praça Onze carioca ao East River nova-iorquino, passando pela Bahia, Porto Alegre e a distante Etiópia.

COMO FALAR EM PÚBLICO & INFLUENCIAR PESSOAS NO MUNDO DOS NEGÓCIOS | Dale Carnegie | RecordCapa Como falar em publico e influenciar pessoas no mundo dos ne

Um clássico da arte da oratória, com mais de 250 mil exemplares vendidos no Brasil, o livro  revela os princípios básicos do autor — saber o que dizer, e dizê-lo com sentimento, vivacidade e clareza — aplicados nas relações comerciais e empresariais. Dale Carnegie foi, seguramente, um dos maiores especialistas nas técnicas de oratória e persuasão do século XX, pioneiro na administração de cursos a empresários e outros profissionais, desfazendo o caráter elitista que a arte de falar em público possuía no passado. Seus conhecimentos e métodos foram adotados por centenas de organizações. Além de uma empresa voltada para o desenvolvimento profissional, o legado de Carnegie inclui livros recomendados não apenas a executivos, mas a todas as pessoas que desejam se comunicar com desenvoltura e segurança.

Capa_ok.inddO TIPO CERTO DE GAROTA ERRADA (AS GAROTAS VOL. 1) | A. C. Meyer | Galera

Divertida e cheia de referências musicais, a nova história de amor de A.C. Meyer narra a jornada de Malu no início da vida adulta. Escolher uma profissão, ajustar a relação com a família, sair da casa dos pais, faculdade, descobrir talentos pessoais, aprender a se relacionar não são tarefas fáceis, principalmente se você não é exatamente aquele tipo certo de garota. Aquele que frequenta todas as aulas da faculdade que o pai escolheu e sabe o que quer. O orgulho do papai e da mamãe. Aquele tipo de garota com o cabelo perfeito e hábitos saudáveis. Malu não é nada disso. Em meio a um problemático relacionamento com os pais, ela começa a faculdade de Direito a contragosto e lá conhece Rafael. Ele está terminando o curso e os dois se tornam amigos inseparáveis. Até outro sentimento começar a falar mais alto. Malu e Rafa se permitem viver uma relação sem compromissos até que o destino os coloca diante de uma armadilha cruel.

Em_nome_de_quem.inddEM NOME DE QUEM?: A BANCADA EVANGÉLICA E SEU PROJETO DE PODER | Andrea Dip | Civilização Brasileira

Neste livro-reportagem, a premiada jornalista Andrea Dip investiga as intricadas estruturas sociais, políticas e místicas que sustentam a escalada das Igrejas Evangélicas ao poder. Com linguagem ágil, apresenta pontos importantes, como a aliança de evangélicos com outros setores conservadores (como a CNBB e o Projeto Escola Sem Partido), o ataque aos direitos de grupos identitários (com as chamadas “cura gay”, “ideologia de gênero” e projetos antiaborto), a ocupação de um espaço deixado pelo Estado e o uso da mídia. Além disso, busca identificar, sem preconceitos, quem são as pessoas que levam adiante o projeto evangélico de poder, como se articulam e em nome de quem levantam suas bandeiras.

Capa Hannah Arendt pensamento persuasao e poder V2 MFHANNAH ARENDT: PENSAMENTO, PERSUASÃO E PODER | Celso Lafer | Paz e Terra

Esta nova edição revista e ampliada reúne 19 artigos nos quais o intelectual Celso Lafer discorre sobre temas centrais na obra da pensadora alemã, como a conjugação de poder e ação, sua desvinculação da violência e a liberdade inserida na própria cidadania, como o direito a ter direitos. O autor também ressalta pontos de contato entre o pensamento de Arendt e o de outros grandes intelectuais, como Isaiah Berlin, Karl Jaspers, Martin Heidegger, Octavio Paz e Norberto Bobbio. Apresenta ainda o pensamento de outros célebres biógrafos e leitores de Arendt, entre os quais Elisabeth Young-Bruehl, Julia Kristeva e Margarethe von Trotta.

 

Comentários
Posts Populares

Este website usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Navegando neste site você consente com a nossa Política de Privacidade.

Leia Mais