Notícias

David Levithan vem ao Brasil pela primeira vez para a Bienal de São Paulo

Nenhum Comentário

Um dos mais queridos autores da Galera Record, David Levithan virá ao Brasil pela primeira vez em agosto para participar da Bienal do Livro de São Paulo. Sua participação acontecerá no dia 11 de agosto, ainda sem horário definido, e vai incluir bate-papo com os leitores e sessão de autógrafos.

No Brasil, a Galera Record foi a primeira editora a publicar obras com temática LGBTQ para jovens adultos, e os livros de Levithan sempre foram carro-chefe dessa temática. Autor e editor de YA, o americano tem um texto característico, que mistura doçura, humor e sensibilidade, em enredos com personagens de todos os tipos, cores, gêneros e sexualidades. Um de seus principais livros é “Todo dia”, cuja adaptação para as telas está prevista para chegar aos cinemas brasileiros em julho. O livro é centrado em A., adolescente que, a cada dia, acorda num corpo diferente: um exercício de empatia literal que só a ficção poderia proporcionar. Um dia, A. pode ser menino, no outro, menina; um dia feliz, noutro triste, até o dia em que ocupa o corpo de Justin e se apaixona por sua namorada, Rhiannon. A Galera lançou ainda “Outro dia”, spin-off no qual a história é contada por Rhiannon. Em outubro, Levithan lança nos EUA o novo “Someday”, continuação da trama, que deve chegar ao Brasil em 2019.

Levithan é autor também de “Will & Will: Um nome, um destino”, escrito em parceria com John Green. Foi o primeiro livro jovem adulto com protagonistas gays a entrar na lista de mais vendidos do New York Times, e já vendeu mais de 200 mil exemplares no Brasil. Escreveu ainda “Garoto encontra garoto”, seu primeiro livro; “Nick e Norah: Uma noite de amor e música” e “Naomi e Ely e a lista do não beijo”, esses dois últimos em parceria com Rachel Cohn, e que tiveram sua história adaptada para o cinema. “Dois garotos se beijando” esteve na lista do National Book Award de 2013 e conta as histórias de sete adolescentes em meio à tentativa de dois meninos de quebrar o recorde mundial do beijo mais longo. Completam a lista de livros lançados no Brasil “Me abrace mais forte”, spin-off the “Will & Will”; “Invisível”, em parceria com Andrea Cremer; “O caderninho de desafios de Dash e Lily”, com Rachel Cohn; e “À primeira vista”, escrito com Nina LaCour.

Comentários
Posts Populares

Este website usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Navegando neste site você consente com a nossa Política de Privacidade.

Leia Mais