Quentinho da gráfica

Vencedores do Prêmio Sesc a caminho

Nenhum Comentário

Lançado em 2003 em parceria com o Grupo Editorial Record, o Prêmio SESC funciona como porta de entrada de escritores no mercado editorial e se tornou referência na revelação de talentos da literatura brasileira. Esta semana recebemos da gráfica os dois livros vencedores da edição de 2018.O romance é o “Entre as mãos”, de Juliana Leite, da cidade de Petrópolis, no Rio de Janeiro, e o livro de contos é o “As coisas”, do gaúcho Tobias Carvalho.

Capa Entre as mãos v2 MFENTRE AS MÃOS | Juliana Leite|Record

Conduzido com precisão e movido por uma poderosa força que impulsiona todo o relato, Entre as mãos gira em torno de Magdalena, uma tecelã que, depois de um grave acidente, precisa retomar seus dias, reaprender a falar e levar consigo dolorosas cicatrizes — não apenas no corpo. Com personagens e tempos narrativos que se atravessam como fios trançados, este romance tem a marca de peça única, debruçando-se sobre questões como sobrevivência e ancestralidade, mas também amor e mistério a partir do corpo, do trabalho e dos gestos da protagonista, em duas fases de sua vida.

As COISAS | Tobias Carvalho| RecordCapa As coisas V3 MF

Sensível e implacável por trás de uma escrita limpa e simples, As coisas traz uma costura de vivências humanas sob a ótica de um jovem homossexual. O personagem constante dessas histórias trabalha, viaja, estuda, cruza ruas de metrópoles agitadas, passa horas em aplicativos de encontros sexuais. Não há maquiagens para a solidão, nem disfarce para o sexo. Ele sente, ele quer, ele ganha e perde, transformando-se de história em história e construindo um arco narrativo que alicerça todo o livro.

Sobre os autores

Juliana tem 35 anos, nasceu em Petrópolis, e atualmente vive no Rio de Janeiro. Graduada em Comunicação Social pela Uerj e mestre em Literatura Comparada pela mesma instituição, ela integra a antologia “14 novos autores brasileiros”, organizada pela escritora Adriana Lisboa. Em 2018, foi selecionada para a residência artística “Publication Intensive” da revista de arte contemporânea Triple Canopy (NY).

Tobias tem 22 anos e é estudante de Relações Internacionais na UFRGS. Desde pequeno sonha em ser escritor, é um devorador de livros e já participou de diversas oficinas de escrita.

Comentários
Posts Populares

Este website usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Navegando neste site você consente com a nossa Política de Privacidade.

Leia Mais