Listas

Cinco motivos para assistir “Alita”

Nenhum Comentário

Valeu a pena a espera. Alita teve a sua estreia mundial na última quinta-feira, lidera as bilheterias nos Estados Unidos e também está em primeiro lugar nos cinemas brasileiros. Produzido por James Cameron e dirigido por Robert Rodriguez, o projeto saiu do papel quase duas décadas depois dos primeiros esboços. O resultado é um filme que faz jus à estética de ambos os cineastas e consegue prender a atenção de qualquer expectador durante os quase 150 minutos de história.

O filme ganhou um livro oficial homônimo, lançado pelo Grupo Editorial Record. Ambientada em 2563, a trama mostra o que sobrou da Terra após anos de guerra. Zalém é uma cidade flutuante rica e imponente e é de lá que vêm todo o lixo capaz de ajudar os habitantes da Cidade de Ferro, que leva esse nome não por acaso. Eles ficam com a sucata.  Para sobreviver é necessário revirar os restos em busca de algo aproveitável. E foi no lixo que Dr. Dyson Ido encontra o núcleo da ciborgue Alita e tenta reconstruí-la. Sem memórias, aos poucos Alita vai se descobrindo uma guerreira implacável.

 

1)    Lute como uma garota

De uma peça de sucata achada no lixo a uma ciborgue lutadora, a jornada de Alita em busca de pistas sobre a sua própria identidade é recheada de empoderamento. Longe de um estereótipo feminino, Alita pode ser quem quiser.

 

 

2)      Efeitos visuais de tirar o fôlego

O ponto alto do filme, com certeza, são os efeitos visuais impecáveis. Há um grande cuidado na reprodução das cenas de luta e na construção da personagem-título, que é toda feita em computação gráfica. O universo da história, que se passa em 2563, após a Terra ter sido devastada, é muito detalhado.  Esse é o resultado da combinação entre James Cameron, que assina a produção do filme, e Robert Rodrigues, responsável pela direção.

 

3)      Cenas de ação

Nem pense em piscar assistindo Alita. As cenas de ação são muito verossímeis, com golpes bem coreografados. A atriz Rosa Salazar aprendeu artes marciais para mergulhar ainda mais na personagem. Tudo é pensado para dar ao expectador uma experiência bem imersiva.

4)      Elenco de peso

E por falar em Rosa Salazar, ela rouba a cena dando vida à ciborgue Alita. Mas o elenco do filme também conta com outros nomes de peso como Christoph Waltz, Mahershala Ali e Jennifer Connelly.

 

5)      Universo além do cinema
Alita é baseado em uma série de mangás e ainda possui um livro oficial para te deixar ainda mais conectado ao universo do filme além das salas de cinema. “Alita: anjo de combate” é o livro oficial do filme, escrito por Pat Cadigan e já está nas livrarias

Comentários
Posts Populares
Não passarão

Não passarão

Este website usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Navegando neste site você consente com a nossa Política de Privacidade.

Leia Mais