“Literatura e animalidade”, de Maria Esther Maciel
Entrevistas

“Literatura e animalidade”, de Maria Esther Maciel

Maria Esther Maciel, que lançou este mês pela Civilização Brasileira “Literatura e animalidade”, foi anunciada hoje na programação da FLIP 2016. Ela estará na mesa “O falcão e a fênix”, no sábado, 2 de julho. Leia a seguir entrevista da autora sobre o livro que será tema de seu debate em Paraty.

Lançamentos da semana (02/05)
Lançamentos

Lançamentos da semana (02/05)

Entre os destaques da semana estão a aguardada biografia de David Bowie, o livro de estreia da nova trilogia inspirada no jogo Minecraft, e a coletânea “Profetas do passado”, com 28 entrevistas que ajudam a compreender o cenário político do país. Ainda tem Mirian Goldenberg e sua interessante perspectiva sobre a velhice em “Velho é lindo!”, a nova obra da autora de “Água para elefantes”, e duas histórias reais fascinantes: da bailarina Michaela DePrince e do cientista precoce Jack Andraka.

Uma carta aos leitores brasileiros
Record convida

Uma carta aos leitores brasileiros

Em “O céu noturno em minha mente”, Sarah Hammond conta a história de Mikey, um garoto de 14 anos que muitas vezes fica confuso e não entende direito coisas que parecem simples para os outros meninos da sua idade. Mas ele tem uma habilidade única: consegue ver eventos do passado. Neste texto, a autora inglesa conta para os leitores brasileiros de onde veio a ideia para este personagem tão especial.

Agenda da semana (01/05)
Agenda

Agenda da semana (01/05)

Encontro de fãs de Cassandra Clare acontecendo por todo o Brasil, participações de nossos autores na Flipoços e no Clisertão, lançamentos de Carina Rissi no estado de São Paulo e eventos de Betty Milan no Sudeste fazem parte da programação desta semana do Grupo Editorial Record. Confira aqui a agenda completa dos próximos dias!

Memória, fantasia e aventura nos romances e uma adorável amizade da vida real
Quentinho da gráfica

Memória, fantasia e aventura nos romances e uma adorável amizade da vida real

Romances com narrativas sensíveis chegaram da gráfica esta semana. Em “Onde está Elizabeth”, uma senhora escreve bilhetes para si mesma para se lembrar de seu cotidiano. O esquecimento também aparece em “De volta a Blackbrick”. Chegaram ainda a fantasia “Silêncio”, a nova edição de “Neblina”, de Adalgisa Nery, a aventura “Fuga da biblioteca do Sr. Lemoncello” e uma história real da amizade entre um menino e seu cão.

O fenômeno Cassandra Clare
Prata da Casa

O fenômeno Cassandra Clare

A gerente de imprensa Cláudia Lamego lembra, neste texto, da avassaladora passagem da escritora Cassandra Clare pelo Brasil, durante a Bienal do Livro de 2014. Dona da grandiosa marca de 1,6 milhão de exemplares vendidos no Brasil, a autora acaba de lançar no país o livro “Dama da meia-noite”, título de estreia de sua nova série, “Os artifícios das trevas”.

“A razão indignada – Leonel Brizola em dois tempos “, de Américo Freire e Jorge Ferreira
Entrevistas

“A razão indignada – Leonel Brizola em dois tempos “, de Américo Freire e Jorge Ferreira

Em entrevista ao blog, Américo Freire, um dos organizadores de A razão indignada – Leonel Brizola em dois tempos (1961-1964 e 1979-2004), da Civilização Brasileira, diz que o conjunto de artigos pretende, entre outros objetivos, analisar as políticas públicas implementadas pelo ex-governador e refletir sobre o legado trabalhista no Brasil. O livro será lançado nesta quinta, na livraria Blooks, do Rio de Janeiro.

“A mãe eterna”, de Betty Milan
Entrevistas

“A mãe eterna”, de Betty Milan

Betty Milan escreve sobre a relação delicada de uma filha que passa a ser mãe da própria mãe. Para suportar a devastação física, a falta de comunicação e o luto em vida, a narradora escreve cartas a uma mãe imaginária.

Galera vai lançar livro inspirado no movimento “Black lives matter”
Notícias

Galera vai lançar livro inspirado no movimento “Black lives matter”

Livro de estreia da autora americana A.C. Thomas, “The Hate U Give” tem como pano de fundo a campanha “Black lives matter”, que surgiu nos EUA em resposta ao assassinato de jovens negros. Editora da Galera, Ana Lima fala sobre a chance de estimular o diálogo sobre diversidade e contribuir para trazer mais representatividade aos títulos juvenis. No cinema, a história será protagonizada pela atriz Amanda Stenberg, de “Jogos vorazes”.

Posts Populares

Este website usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Navegando neste site você consente com a nossa Política de Privacidade.

Leia Mais