Vencedores do Prêmio Sesc de Literatura despontam no panorama literário nacional
Notícias

Vencedores do Prêmio Sesc de Literatura despontam no panorama literário nacional

O Prêmio Sesc de Literatura é porta de entrada de autores no mercado editorial. Em uma parceria bem sucedida com a Editora Record desde 2003, o concurso tem sido responsável pela revelação de escritores que confirmam seus talentos em novas premiações e trajetórias frutíferas. Este é o caso da escritora Débora Ferraz , que conquistou esta semana o Prêmio São Paulo de Literatura com o livro “Enquanto Deus não está olhando”.

“A humanidade contra as cordas”, de Eduardo Felipe Matias
Entrevistas

“A humanidade contra as cordas”, de Eduardo Felipe Matias

Eduardo Felipe Matias conquistou este ano seu segundo Prêmio Jabuti por “A humanidade contra as cordas”, no qual analisa, entre outras questões, as bases, os agentes e os possíveis benefícios de uma governança global da sustentabilidade. Nesta entrevista, o autor, que vai a Paris acompanhar as negociações da COP-21, explica como surgiu a ideia do livro e fala sobre a importância de se investir na economia verde, mesmo em tempos de crise.

Cinco livros da Record em destaque no prêmio Goodreads
Notícias

Cinco livros da Record em destaque no prêmio Goodreads

Uma das mais populares redes sociais de leitores do mundo, o Goodreads divulgou nesta sexta a lista de vencedores de seu prêmio de melhores livros de 2015. Quatro primeiros colocados – das 20 categorias – são obras do Grupo Editorial Record lançadas este ano ou previstas para 2016; e um livro se destacou com um segundo lugar. Confira os eleitos.

“Memória afetiva do botequim carioca”, de Paulo Thiago de Mello e Zé Octávio Sebadelhe
Lançamentos

“Memória afetiva do botequim carioca”, de Paulo Thiago de Mello e Zé Octávio Sebadelhe

Um comércio tipicamente carioca, o botequim guarda a história da cidade, de seus hábitos e costumes culturais, sociais, gastronômicos e etílicos. Nesta terça, será lançado, na Travessa de Ipanema, “Memória afetiva do botequim carioca” (José Olympio), de Paulo Thiago de Mello e Zé Octávio Sebadelhe, com 26 verbetes sobre bares que não existem mais, mas permanecem vivos na memória. Leia textos de Aldir Blanc e Sérgio Cabral para o livro.

“Os porões da contravenção”, de Aloy Jupiara e Chico Otavio
Entrevistas

“Os porões da contravenção”, de Aloy Jupiara e Chico Otavio

Os jornalistas Aloy Jupiara e Chico Otavio lançam nesta segunda, na Travessa de Botafogo, “Os porões da contravenção”, livro que revela como policiais e militares que foram agentes da ditadura se aliaram a bicheiros para atuar em conjunto no crime organizado. Leia entrevista com os dois autores.

Lançamentos da semana (30/11)
Lançamentos

Lançamentos da semana (30/11)

Entre as novidades que chegam às livrarias estão “O pássaro do bom senhor”, vencedor do National Book Award de ficção em 2013; “Memória afetiva do botequim carioca, um inventário desse clássico carioca; o novo livro da série inspirada em Minecraft e “No fio da navalha”, a biografia do líder do Afroreggae, José Junior.

Agenda da semana (29/11)
Agenda

Agenda da semana (29/11)

Dois lançamentos que unem literatura e samba, Eduardo Spohr em Goiânia, um passeio pela memória do Rio de Janeiro através de seus bares e botequins e sessão de autógrafos de Patrícia Barboza em território carioca. Esses são os eventos do Grupo Editorial Record nos próximos dias; confira aqui a agenda completa desta semana!

O fascínio do lado negro da Força
Prata da Casa

O fascínio do lado negro da Força

A vida comprova seu caráter cíclico das maneiras mais inusitadas e nos momentos mais oportunos, como escreve Marcelo Vieira, editor assistente da Bertrand Brasil, cuja paixão por Star Wars foi reacendida sob o teto do Grupo Editorial Record. Neste fim de semana, a convenção Jedicon reúne os fãs da franquia de filmes no Rio de Janeiro.

Sempre teremos Paris
Dica de leitura

Sempre teremos Paris

Cidade mais visitada do mundo, cenário e celeiro de artistas e escritores, Paris é o tema de hoje na dica de leitura. Selecionamos três livros que celebram a cidade-luz: o clássico “Paris é uma festa” (Bertrand Brasil), de Ernest Hemingway; “Minha Paris, minha memória” (Bertrand Brasil), do escritor Edgar Morin e “Paris não acaba nunca” (Best Bolso), da brasileira Betty Milan.

Posts Populares

Este website usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Navegando neste site você consente com a nossa Política de Privacidade.

Leia Mais