CategoriaPalavra de editor
A dupla dinâmica da Record para a eleição norte-americana
Palavra de editor

A dupla dinâmica da Record para a eleição norte-americana

O editor executivo de não-ficção da Editora Record, Carlos Andreazza, fala sobre dois lançamentos que ampliam o debate acerca da eleição presidencial norte-americana: “O grande experimento”, de Marcel Novaes, sobre a independência dos Estados Unidos, e a biografia de Ronald Reagan, de Bill O’Reilly.

Quem sabe inglês?
Palavra de editor

Quem sabe inglês?

Carlos Andreazza, editor-executivo da Record, indica a leitura de um trecho do romance de estreia de Diogo G. Rosas, a propósito da troca de farpas, na Folha de São Paulo, entre os poetas Ferreira Gullar e Augusto de Campos. Leia a seguir.

Considerações sobre um clássico da literatura de negócios
Palavra de editor

Considerações sobre um clássico da literatura de negócios

Publicado originalmente nos anos 1960, “Aventuras empresariais” tem sido exaltado, ao longo de décadas, por leitores famosos como Bill Gates e Warren Buffett. No post a seguir, Bruno Zolotar, diretor de marketing do Grupo Editorial Record e editor do selo Best Business, que acaba de lançar a obra no Brasil, explica por que ela é essencial, ainda hoje, para aqueles que querem entender o mundo dos negócios e suas engrenagens.

O autor brasileiro é a solução
Palavra de editor

O autor brasileiro é a solução

Em artigo, Carlos Andreazza, editor executivo de ficção nacional e não ficção da Record, escreve sobre a opção da editora em investir, desde 2012, num catálogo fortemente marcado pela presença de autores brasileiros. Sem deixar de lançar autores estrangeiros de peso, segundo ele, essa estratégia se mostrou bem-sucedida e conveniente com o momento por que passa o mercado.

Autores da Record concorrem ao Prêmio Oceanos
Palavra de editor

Autores da Record concorrem ao Prêmio Oceanos

O Grupo Editorial Record tem nove títulos entre os semifinalistas do Prêmio Oceanos, antigo Portugal Telecom. Entre eles, estreantes como Alexandre Marques Rodrigues e veteranos como a imortal Nélida Piñon. Editor executivo de ficção nacional e não-ficção da Record, Carlos Andreazza escreve sobre o investimento da casa em literatura, a diversidade do catálogo e a aposta em novos talentos.

Precisamos falar de preço (de livro)
Palavra de editor

Precisamos falar de preço (de livro)

Carlos Andreazza, editor-executivo de ficção nacional e não-ficção da Record, publicou no domingo passado um artigo sobre os preços do livro no país. Leia aqui a versão sem cortes do texto, em que ele comenta os efeitos negativos para a indústria editorial da defasagem entre os custos e a inflação e o valor final do livro.

Posts Populares

Este website usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Navegando neste site você consente com a nossa Política de Privacidade.

Leia Mais