CategoriaPrata da Casa
Deveríamos incendiar nossos escritórios, mas preferimos não fazê-lo
Prata da Casa

Deveríamos incendiar nossos escritórios, mas preferimos não fazê-lo

A partir do personagem principal de “Bartleby, o escrivão”, cuja nova edição foi lançada recentemente pela José Olympio, a estagiária Nathalia Barbosa, do departamento de marketing, reflete sobre o arquétipo dos rebeldes na literatura e sobre o quanto o “prefiro não fazê-lo” de Bartlebly pode nos ensinar sobre vontade, escolhas e passividade.

Uma playlist de artistas biografados pela Record
Prata da Casa

Uma playlist de artistas biografados pela Record

Marcelo Vieira, editor assistente da Bertrand Brasil, preparou uma lista de músicas bem eclética para ajudar os DJs amadores das festas de ano novo. Com canções de Bob Marley a Lobão, passando por Rolling Stones e Abba, a seleção inclui apenas artistas cujas biografias foram publicadas pelo Grupo Editorial Record. Divirta-se e feliz ano novo!

Habemus Reagan!
Prata da Casa

Habemus Reagan!

Editor assistente da Bertrand Brasil, Marcelo Vieira fala sobre o lançamento da biografia de Ronald Reagan, que chegou às livrarias este mês pela Record.

Representatividade importa sim!
Prata da Casa

Representatividade importa sim!

Estagiária do departamento de marketing, Ana Rosa fala sobre como alguns de seus livros favoritos da infância e adolescência nunca mostraram protagonistas negras com as quais ela pudesse se identificar; e mostra que as novas gerações têm mais opções hoje com obras como “Diário de uma princesa improvável”, de Meg Cabot.

A mística das bienais do livro
Prata da Casa

A mística das bienais do livro

Neste texto, o diretor de marketing Bruno Zolotar reflete sobre a sobrevivência da Bienal em ano de crise e explica por que, mesmo com menos público, o evento segue relevante e imperdível para os leitores.

“A fome”, de Martín Caparrós
Prata da Casa

“A fome”, de Martín Caparrós

Na seção Prosa do jornal O Globo de sábado, 21, uma matéria elencou os argentinos Leila Guerriero e Martín Caparrós como grandes nomes do jornalismo narrativo latino-americano. De Guerriero, a Bertrand Brasil publicou, ano passado, “Uma história simples”. No final de junho, chega às livrarias “A fome”, de Caparrós. No texto a seguir, o assistente editorial Marcelo Vieira escreve sobre essa obra monumental.

Conto “No aguardo”
Prata da Casa

Conto “No aguardo”

É quase inevitável trabalhar com Literatura e não escrever suas próprias histórias. “No aguardo” é um conto de uma assistente editorial do Grupo Editorial Record que escreve sob o pseudônimo de Atlas Moniz.

Música para ler – parte 1
Prata da Casa

Música para ler – parte 1

No catálogo recente do Grupo Editorial Record é possível encontrar várias biografias de artistas e bandas. Devorador de livros do gênero — e jornalista musical nas horas vagas —, o assistente editorial da Bertrand Brasil Marcelo Vieira fala sobre alguns títulos que você precisa ler.

Colleen Hoover, diálogos e a trilha sonora de “Talvez um dia”
Prata da Casa

Colleen Hoover, diálogos e a trilha sonora de “Talvez um dia”

Colleen Hoover desperta paixões não apenas nas suas milhares de leitoras no Brasil e mundo afora. Na Galera, a diva do “new adult” também “causa” quando entrega livro novo. No texto a seguir, o assistente editorial Rodrigo Aus conta, com humor e muito amor, os bastidores de seu trabalho em “Talvez um dia”, que chega esta semana nas livrarias.

O fenômeno Cassandra Clare
Prata da Casa

O fenômeno Cassandra Clare

A gerente de imprensa Cláudia Lamego lembra, neste texto, da avassaladora passagem da escritora Cassandra Clare pelo Brasil, durante a Bienal do Livro de 2014. Dona da grandiosa marca de 1,6 milhão de exemplares vendidos no Brasil, a autora acaba de lançar no país o livro “Dama da meia-noite”, título de estreia de sua nova série, “Os artifícios das trevas”.

Posts Populares

Este website usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Navegando neste site você consente com a nossa Política de Privacidade.

Leia Mais