CategoriaQuentinho da gráfica
Aguardado pelos fãs de romances de época, “O príncipe corvo” é o destaque desta fornada
Quentinho da gráfica

Aguardado pelos fãs de romances de época, “O príncipe corvo” é o destaque desta fornada

Atendendo ao pedido de fãs, a Record lança em breve “O príncipe corvo”, da best-seller Elizabeth Hoyt. O romance, ambientado na Londres do século XVII, conta a história de amor entre Anna Wren, uma viúva espirituosa, e do mal-humorado conde Edward de Raff. Recebemos também “Raízes do conservadorismo”, do jornalista Juremir Machado da Silva; a edição em capa dura de “A mediadora”, de Meg Cabot, e “Confesse”, novo romance de Colleen Hoover. Há ainda “Maria e o caso das gravuras desaparecidas”, de P.J. Brackston; “Carbono Alterado”, de Richard Morgan, e “O deserto do amor”, de François Mauriac.

Consagrados autores nacionais e internacionais na fornada da semana
Quentinho da gráfica

Consagrados autores nacionais e internacionais na fornada da semana

Esta semana chegaram da gráfica livros de grandes nomes da literatura. Recebemos a edição em capa dura de “Cem anos de solidão”, em homenagem aos 50 anos do lançamento da obra de Gabriel García Márquez, e “Pape Satàn Aleppe”, livro inédito de Umberto Eco. Chegaram também dois thrillers de outros importantes autores internacionais: “Polícia”, do norueguês Jo Nesbo,e “O sniper paciente”, de Arturo Pérez-Reverte, autor do livro que inspirou a série “A rainha do tráfico”, estrelada na TV por Alice Braga. Entre os autores nacionais as novidades são “Os novos moradores”, romance de Francisco Azevedo, autor do consagrado “O arroz de Palma”, e “Nunca houve tanto fim como agora”, do premiado Evandro Afonso Ferreira. Recebemos ainda “Ferinos: o encantador de corvos”, de Jacob Grey, e pela não-ficção, “A crise das esquerdas”, coletânea de artigos organizada por Aldo Fornazieri e Carlos Muanis.

“A história secreta da Mulher-Maravilha” é o destaque da semana
Quentinho da gráfica

“A história secreta da Mulher-Maravilha” é o destaque da semana

Na fornada desta semana, recebemos “A história secreta da Mulher-Maravilha”, livro em que a historiadora de Harvard Jill Lepore conta as origens da personagem e como o movimento feminista influenciou seu criador. Chegaram ainda “O diabo ataca em Wimbledon”, novo livro de Lauren Weisberge, mesma autora de “O diabo veste Prada”; “Ladainha”, novo livro de poemas de Bruna Beber, e “Peregrino”, obra que reconstrói a jornada pessoal do Papa Francisco. “A montanha”, de Lori Lansens; “Os 12 signos de Valentina”, de Ray Tavares; “Que bom pra você”, de Tammara Webber e “Fica comigo”, de Tessa Bailey, completam a lista.

De chick lit a ensaios que misturam política e literatura
Quentinho da gráfica

De chick lit a ensaios que misturam política e literatura

Na fornada desta semana, recebemos títulos para diversos gostos. Para os fãs de chick lit, a novidade é “Minha vida não tão perfeita”, novo livro de Sophie Kinsella. Também chegou “ABC do amor”, que reúne histórias românticas escritas por A. C. Meyer,Brittainy C. Cherry e Camila Moreira. Ainda na fornada da semana está “Travessia”, último livro da saga “A casa das sete mulheres”. Pela não-ficção, acabaram de sair da gráfica “A alma do mundo”, de Roger Scruton, “O mundo não vai acabar”, livro de ensaios de Tatiana Salem Levy, “BRICS e o futuro da ordem global”, de Oliver Stuenkel, e “O bebê destruiu meu diário”, um álbum divertido para pais surtados.

Edições comemorativas e estreias em destaque
Quentinho da gráfica

Edições comemorativas e estreias em destaque

A gráfica traz essa semana uma série de bons lançamentos: as edições comemorativas de “Tremor de terra” e “O livro das princesas”, celebram respectivamente os 50 anos do primeiro livro de Luiz Vilela e os 10 anos da Galera Record. Há ainda o novo livro de Marcia Tiburi, “Ridículo político”, e a estreia de Gustavo Ávila com “O sorriso da hiena” após seu grande sucesso na internet. “A caixa-preta da governança”, excelente guia com conselhos de administração, “Um acordo de cavalheiros”, primeiro romance histórico de Lucy Vargas no grupo, e “Dez contos escolhidos de Eça de Queirós” completam a lista.

Clássico feminista, biografia, contos, romances diversos e o novo livro de Carina Rissi
Quentinho da gráfica

Clássico feminista, biografia, contos, romances diversos e o novo livro de Carina Rissi

Esta semana recebemos da gráfica uma edição integral do clássico feminista “A senhora de Wildfell Hall”, a biografia do político Teotônio Vilela, escrita pelo jornalista Carlos Marchi, o romance “Veloz solidão”, uma nova edição de “Cenas londrinas”, de Virginia Woolf, e “Olhos de carvão”, estreia de Afonso Borges nos contos. Também chegaram nesta fornada o novo livro de Carina Rissi, “Quando a noite cai”, “Férias, amor e chocolate quente”, de Patrícia Barboza, e “Casada até quarta”, primeiro exemplar da série “Noivas da Semana”.

De Trotski ao milagre de Fátima entre os destaques da semana
Quentinho da gráfica

De Trotski ao milagre de Fátima entre os destaques da semana

Entre os livros que rodaram esta semana na gráfica, há diversos destaques de não-ficção: da biografia de Trotski a uma investigação sobre a história do milagre de Fátima, passando pelo novo livro de Mirian Goldenberg e por um clássico de Norberto Bobbio que ganha nova edição revista e ampliada. Entre os livros de ficção também foi impresso “Assim na terra como debaixo da terra”, novo livro de Ana Paula Maia, além de dois títulos aguardados pelo público juvenil.

Romance, suspense e autoajuda na fornada desta semana
Quentinho da gráfica

Romance, suspense e autoajuda na fornada desta semana

Esta semana chegou da nossa gráfica “Uma vez”, de Morris Gleitzman, eleito um dos 100 melhores livros para jovens pela BBC e pelo The Guardian. Para os amantes da literatura policial, recebemos “Acerto de contas”, mais um volume da série protagonizada por Jack Reacher e “Centelha mortal”, de Jeffery Deaver. Ian Mecler ensina o despertar espiritual em “Cabala, meditação e cura”. Recebemos ainda “Londres é nossa”, de Sarra Manning, “A distância que nos separa”, de Kasie West e “Wabi Sabi”, de Francesc Miralles.

Biografia da Hebe e livro de memórias de Marina Abramović são destaques da semana
Quentinho da gráfica

Biografia da Hebe e livro de memórias de Marina Abramović são destaques da semana

Na última fornada, recebemos a biografia de um dos grandes nomes da TV brasileira. A história de Hebe Camargo é contada pelo jornalista Artur Xexéo. Também pela não ficção, chegaram uma nova edição de “O aberto”, clássico de Giorgio Agamben que investiga as relações entre homens e animais em diversos campos de estudo, e “Pelas paredes”, livro de memórias da artista sérvia Marina Abramović. Ainda entre as novidades da semana estão “O portador de fogo”, do best-seller Bernard Cornwell, uma edição ampliada e em versão trilíngue de “Regurgitofagia”, inspirado no espetáculo homônimo de Michel Melamed, “Os quatro cavaleiros”, de Verônica Rossi, e “A Livraria dos Corações Solitários”, de Annie Darling.

Obras de ficção dominam os quentinhos desta semana
Quentinho da gráfica

Obras de ficção dominam os quentinhos desta semana

Recebemos esta semana o aguardado romance de Alberto Mussa, “A hipótese humana”, o policial “O casal que mora ao lado”, de Shari Lapena, e “Inventei você?”, romance jovem-adulto que aborda a esquizofrenia na adolescência. Há ainda “O vespeiro”, de Kenneth Oppel, “Anna Liza e o consultório feliz”, livro no qual a protagonista gosta de animar os pacientes da mãe psiquiatra, e “O jogo do amor e da morte”, um romance interracial em meio à Grande Depressão.

Posts Populares

Este website usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Navegando neste site você consente com a nossa Política de Privacidade.

Leia Mais