AssuntoBabi A. Sette
Otimismo e diversidade marcam a Bienal 2019
Notícias

Otimismo e diversidade marcam a Bienal 2019

O diário de Anne Frank’, em suas três versões, é o livro mais vendido. Entre autores nacionais, destaques para Paulo Freire, Luiz Antonio Simas, Carina Rissi, Babi A. Sette e o chapecoense Pablo Zorzi, que emplacou seu livro de estreia ‘Wow! O primeiro contato’ na segunda colocação

Agenda (19/08)
Agenda

Agenda (19/08)

Nesta semana, alguns de nossos autores vão participar da Bienal do Livro e da Leitura, em Brasília. Entre eles estarão Pam Gonçalves, Bel Rodrigues e Ana Maria Gonçalves. Já Nei Lopes e Antonio Torres darão uma palestra na FLIM – Festa Literária de Santa Maria Madalena, no Rio. Milton Jung também vai passar na cidade maravilhosa para o lançamento de “É proibido calar”, no dia 23/08. James Green lança “Revolucionário e Gay” em Londrina e em São Paulo. Confira as datas e saiba mais!

Mulheres lideram os mais vendidos do Grupo nesta Bienal de São Paulo
Notícias

Mulheres lideram os mais vendidos do Grupo nesta Bienal de São Paulo

Bienal das mulheres e da literatura nacional no estande do Grupo Editorial Record. Oito dos dez livros mais vendidos do estande foram escritos por mulheres. Seis delas são brasileiras. Lucas Rocha, que debutou na Galera Record com o seu “Você tem a vida inteira” também ficou entre os campeões de venda. Confira no post o balanço desta 25ª edição da Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

Agenda (25/06)
Agenda

Agenda (25/06)

Os autores Alê Braga e Álvaro Campos lançam o livro “O outro lado da bola” na Livraria da Vila, em São Paulo, e na Argumento Leblon, no Rio de Janeiro. O autor Alberto Carlos Almeida visita Goiânia para lançar “O voto do brasileiro” e a Fliaraxá recebe diversos autores na cidade mineira de Araxá, entre eles Marina Colasanti, Angela de Castro Gomes, Angela Alonso, Evandro Affonso Ferreira e Marcia Tiburi. Confira os eventos da semana.

Agenda (11/06)
Agenda

Agenda (11/06)

A jovem escritora Babi A. Sette promove um bate-papo com leitores e lança o seu “Senhorita Aurora” em Campinas. Em São Paulo, Andrea Dip lança o livro “Em nome de quem” e os autores Allan de Abreu e Carlos Petrocilo lançam o livro “O delator”. Confira os eventos da semana.

Lançamentos da semana (07/05)
Lançamentos

Lançamentos da semana (07/05)

Nesta semana, chega às livrarias a nova edição de “Autorretrato e outras crônicas”, de Carlos Drummond de Andrade. Além da nova capa, a obra ganha encarte com fotos e uma seleção de correspondências inéditas do poeta com Alfredo Machado, fundador da editora Record. Outros destaques entre os lançamentos são “O preto que falava iídiche”, de Nei Lopes, “Terra das mulheres”, de Charlotte Perkins Gilman e “Cuide de seus pais antes que seja tarde”, de Fabrício Carpinejar. Pela BestSeller, Leila Navarro, uma das maiores palestrantes do Brasil e Djalma Pinho, economista, coach e Ph.D em Filosofia da Teologia, lançam, respectivamente, “Virar o jogo” e “Desvende o poder da inteligência espiritual”. Há ainda “Ganhar de lavada”, de Scott Adams, “Exodus”, de Leon Uris, que ganha nova edição em homenagem aos 70 anos da formação do estado de Israel, e “Videogame e violência”, de Salah H.Khaled Jr. Completam a lista: “Literalmente amigas”, de Laura Conrado e Marina Carvalho, “O amante da princesa”, de Larissa Siriani, “Senhorita Aurora”, de Babi A. Sette, “Um amor perdido”, de Alyson Richman e “Napoleão e o rebelde”, de Noga Arikha e Marcello Simonetta.

“Terra das mulheres”, de Charlotte Perkins Gilman, é um dos destaques desta semana
Quentinho da gráfica

“Terra das mulheres”, de Charlotte Perkins Gilman, é um dos destaques desta semana

Entre os livros que rodaram na nossa gráfica esta semana está “Terra das mulheres”, de Charlotte Perkins Gilman. A obra será lançada em breve pela Rosa dos Tempos e mostra como seria uma utópica sociedade composta apenas por mulheres, pelo ponto de vista de três exploradores. Recebemos também “Uma estranha em casa”, novo suspense de Shari Lapena, mesma autora do best-seller “O casal que mora ao lado”; e a nova edição de “Exodus”, de Leon Uris, por ocasião dos 70 anos de formação do estado de Israel. Na literatura nacional, recebemos “O amante da princesa”, romance de época de Larissa Siriani; “Senhorita Aurora”, de Babi A. Sette, e “Videogame e violência”, primeiro livro brasileiro a tratar do tema de maneira crítica escrito por Salah H.Khaled Jr. A lista se completa com “Ganhar de lavada”, no qual o autor Scott Adams relaciona técnicas de persuasão e a vitória de Donald Trump nas eleições americanas.

12
Posts Populares

Este website usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Navegando neste site você consente com a nossa Política de Privacidade.

Leia Mais