AssuntoEditora Record
“Precisamos mais do que nunca de muita poesia”
Entrevistas

“Precisamos mais do que nunca de muita poesia”

Em seu sexto romance, “Sob os pés, meu corpo inteiro” (Ed. Record), a escritora Marcia Tiburi constrói uma São Paulo árida, cinzenta, atormentada por tiranos e carente de afeto. Nesta entrevista para o BLOG DA RECORD, Marcia fala sobre os suas inspirações e os bastidores que levaram à criação desta realidade (não tão) distópica assim.

“Eu sou eles”, de Francisco Azevedo
Entrevistas

“Eu sou eles”, de Francisco Azevedo

No ano em que seu grande best-seller, “O arroz de Palma”, completa dez anos, Francisco Azevedo reúne trechos de romances, poemas, crônicas e outros escritos em “Eu sou eles”. O livro será lançado no Rio no domingo,11, a partir das 17h, na Livraria Argumento, no Leblon.

“O que é o amor”, de Betty Milan
Entrevistas

“O que é o amor”, de Betty Milan

Dividido em quatro partes – “A paixão do amor”, “Os dizeres”, “O amor hoje” e “A paixão do brincar”, “O que é o amor” retorna às livrarias 35 anos após seu lançamento. A obra examina os dizeres amorosos e suas contradições, retomando clássicos de Platão, Shakespeare e Dante.

“O voto do brasileiro”, Alberto Carlos Almeida
Entrevistas

“O voto do brasileiro”, Alberto Carlos Almeida

O cientista político Alberto Carlos Almeida lança nesta segunda, 28, no Rio, o livro “O voto do brasileiro”. A sessão de autógrafos será na livraria da Travessa do Shopping Leblon a partir das 19h. Na entrevista a seguir, ele conta sobre a obra e comenta suas previsões para as eleições presidenciais de 2018.

Entre dramas pessoais e sucesso na carreira artística, Wanderléa revela detalhes de sua vida em autobiografia
Lançamentos

Entre dramas pessoais e sucesso na carreira artística, Wanderléa revela detalhes de sua vida em autobiografia

“Foi assim” mostra versatilidade da artista que gravou boleros, choros, músicas de carnaval e os ‘malditos’ da MPB, além de ter sido estrela de um dos movimentos culturais mais importantes do Brasil, a Jovem Guarda, ao lado de Roberto e Erasmo Carlos. Original e pioneira, Wandeca, a eterna Ternurinha, também influenciou a moda e o comportamento da época. A cantora lançará a obra nos dias 21 de novembro, em São Paulo, e 27 de novembro, no Rio. Leia prólogo do livro a seguir.

“O homem que abalou a República”, de Cássio Bruno
Entrevistas

“O homem que abalou a República”, de Cássio Bruno

O jornalista Cássio Bruno lança nesta sexta, 17, a partir das 19h, na Livraria da Travessa de Ipanema, “O homem que abalou a República”, biografia não autorizada de Roberto Jefferson. Na entrevista a seguir, o autor fala, entre outros temas, sobre a pesquisa para escrever o livro e as relações do mensalão com a operação Lava-Jato.

“Última hora”, de José Almeida Júnior
Entrevistas

“Última hora”, de José Almeida Júnior

Livro, vencedor do Prêmio Sesc de Literatura 2017, conta a história de um jornalista atormentado entre a militância comunista e o trabalho no jornal que apoia Getúlio Vargas. Autor reconstrói últimos meses do presidente no governo, antes do suicídio, e a briga entre Samuel Wainer, da Última Hora, e Carlos Lacerda, da Tribuna da Imprensa. Obra será lançada nas unidades do Sesc em São Paulo, Brasília e Belém nos dias 28 de novembro, 5 e 7 de dezembro, respectivamente. Leia a entrevista com o autor a seguir.

“O abridor de letras”, de João Meirelles Filho
Entrevistas

“O abridor de letras”, de João Meirelles Filho

Vencedor do Prêmio SESC de Literatura, “O abridor de letras” reúne oito contos que se passam na Região Norte do país. Na entrevista a seguir, o autor João Meirelles Filho fala sobre suas inspirações, seu trabalho como ativista ambiental e sobre o próximo livro. Obra será lançada nas unidades do Sesc em São Paulo, Brasília e Belém nos dias 28 de novembro, 5 e 7 de dezembro, respectivamente.

Uma fornada com reedições caprichadas e histórias assustadoras
Quentinho da gráfica

Uma fornada com reedições caprichadas e histórias assustadoras

Já no clima de Halloween, recebemos “Criadores e criaturas”, que reúne adaptações de quatro contos clássicos de terror, escritos por autores contemporâneos brasileiros. Também chegaram nesta fornada, “O homem mais perigoso do país”, biografia de Filinto Müller, “O mito de Lincoln” e três reedições:”Os meus romanos”, da alemã Ina von Binzer, “Lenin-vida e obra”, de Moniz Bandeira, e “A casa dos espíritos”, clássico de Isabel Allende. Completam a lista “Entre facas, algodão”, novo romance do imortal João Almino, e “Para Francisco”, um relato sensível de uma mãe para um filho que não chegou a conhecer o pai.

Posts Populares

Este website usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Navegando neste site você consente com a nossa Política de Privacidade.

Leia Mais