AssuntoEditora Record
“A memória de todos nós”, de Eric Nepomuceno
Entrevistas

“A memória de todos nós”, de Eric Nepomuceno

Neste sábado, Eric Nepomuceno dividirá uma mesa na Primavera dos Livros, no Museu da República, com o teólogo Leonardo Boff, a partir das 15h. Os dois vão conversar sobre ética, política e cidadania. Nepomuceno lançou este ano, pela Record, o livro “A memória de todos nós”, que traz relatos sobre torturas, sequestros e assassinatos durante as ditaduras latino-americanas. Leia entrevista do autor sobre a obra.

“Desesterro”, de Sheyla Smanioto
Entrevistas

“Desesterro”, de Sheyla Smanioto

Carregado de dramaturgia, feito de torções gramaticais e desorganização temporal e espacial, “Desesterro” (Record) é o vencedor do Prêmio SESC de Literatura deste ano na categoria romance. O livro será lançado amanhã na Academia Brasileira de Letras, a partir das 17:30.

A personagem número zero de Umberto Eco
Record convida

A personagem número zero de Umberto Eco

Ivone Benedetti, tradutora de “Número zero”, de Umberto Eco, criou uma entrevista ficcional com um dos personagens do livro. A ideia é mostrar aos leitores as inúmeras citações e alusões de Eco a histórias, livros, personagens reais e da literatura que ficam subentendidas no texto. Recentemente, Ivone escreveu no Rascunho sobre a tradução do livro, em resposta a uma resenha negativa que o jornal publicou sobre “Número zero”.

“Presos que menstruam”, de Nana Queiroz
Entrevistas

“Presos que menstruam”, de Nana Queiroz

Nesta segunda, a jornalista Nana Queiroz participa do programa Estúdio I, da Globonews, para falar do seu livro “Presos que menstruam”. Em entrevista ao blog, Nana conta como foi a apuração da obra, de não-ficção, à qual tentou dar um tom emocional. “Esse livro não é apenas uma denúncia, mas pretende aquecer o coração das pessoas quanto a essas mulheres.”

Alberto Mussa abre o Café Literário na Bienal do Rio
Entrevistas

Alberto Mussa abre o Café Literário na Bienal do Rio

O tema da mesa, nesta quinta, dia 3, será “Rio 450: Histórias da cidade”. Há 15 anos, o autor planejou escrever cinco romances policiais, reunindo ficção e mitologia, cada um baseado em um século da história carioca. O primeiro, “O trono da rainha Jinga”, se passou no século 17; o seguinte, “O senhor do lado esquerdo”, no século 20. Em “A primeira história do mundo”, publicado em 2014, foi a vez do Rio quinhentista, região ainda denominada Carioca, com cerca de 400 habitantes. Leia entrevista.

“A pedido do embaixador”, de Fernando Perdigão
Entrevistas

“A pedido do embaixador”, de Fernando Perdigão

Mal-humorado e politicamente incorreto, o detetive Andrade usa métodos nada convencionais para solucionar crimes que assolam a cidade do Rio de Janeiro. Andrade é o protagonista de “A pedido do embaixador”, primeiro romance de Fernando Perdigão, que, na entrevista a seguir, fala sobre suas preferências literárias e seu processo de escrita. A obra será lançada no domingo, dia 30 de agosto, na Livraria da Travessa do Shopping Leblon (RJ).

“O próximo da fila”, de Henrique Rodrigues
Entrevistas

“O próximo da fila”, de Henrique Rodrigues

Um adolescente da classe C é o protagonista do livro “O próximo da fila”, ambientado em um fast-food na década de 90. Nesta entrevista, o autor Henrique Rodrigues conta que trabalhou durante três anos em uma das mais famosas lanchonetes do mundo e revisitou suas memórias em seu romance de estreia. O escritor participa de uma sessão de autógrafos nesta quinta, 27, na Livraria da Travessa de Botafogo. O evento começa às 19:00.

Posts Populares

Este website usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Navegando neste site você consente com a nossa Política de Privacidade.

Leia Mais