AssuntoGER
“Nunca o nome do menino”, de Estevão Azevedo
Entrevistas

“Nunca o nome do menino”, de Estevão Azevedo

Em 2016, a Record lançou uma nova edição de “Nunca o nome do menino”, com direito a revisão do autor, Estevão Azevedo, e um posfácio sobre o processo de escrever e reescrever este romance. Nesta entrevista, Estevão conversa com outro autor da casa, Reginaldo Pujol Filho, de “Só faltou o título”. Fala sobre as diversas possibilidades que seu livro oferece, o processo de reencontro com a própria obra oito anos depois, sua experiência como escritor e editor, entre outras questões.

Série inspirada em livro de John le Carré leva três prêmios no Globo de Ouro
Notícias

Série inspirada em livro de John le Carré leva três prêmios no Globo de Ouro

A minissérie “The night manager”, cuja trama é baseada no livro “O gerente noturno”, de John le Carré, foi a mais premiada entre as produções televisivas na edição deste ano do Globo de Ouro, realizado neste domingo. Foram três estatuetas, respectivamente para três atores da série por suas performances: Hugh Laurie, Tom Hiddleston e Olivia Colman.

Do clássico em quadrinhos à fábula empresarial
Quentinho da gráfica

Do clássico em quadrinhos à fábula empresarial

Esta semana recebemos a releitura em mangá do livro “Macbeth”, o thriller “Valsa maldita”, o primeiro exemplar da série “Desventuras de um garoto nada comum”, a fábula do mundos dos negócios “Não é assim que a gente trabalha aqui” e “Farmácia literária”, que indica livros para todos os tipos de problemas. Também entre os recém-saídos da gráfica, dois livros da best-seller Laura Gutman: uma edição atualizada de “A maternidade e o encontro com a própria sombra” e “A biografia humana”.

Lançamentos da semana (26/09)
Lançamentos

Lançamentos da semana (26/09)

Esta semana chegam às livrarias o aguardado “Novembro,9”, da best-seller americana Colleen Hoover, “Vida dupla”, de S. J. Watson, “Nosso fiel traidor”, de John le Carré, “Detox de homem”, “O economista clandestino ataca novamente” e “Civilização”, um profundo estudo da civilização ocidental. As novidades nacionais são “O filho de Macho de Assis”, novela do premiado Luis Vilela, e “Aprendendo a jogar poker”, edição atualizada do primeiro livro do esporte escrito por um brasileiro.

Política e best-sellers direto da gráfica
Quentinho da gráfica

Política e best-sellers direto da gráfica

Entre os livros que recebemos esta semana, há fenômenos incontestáveis em novas edições: “A garota no trem” vai chegar às livrarias com a capa do filme e “O poderoso chefão” tem nova capa e texto de orelha. A política também é assunto forte nesta leva, com a biografia de Ronald Reagan, e a análise de Moniz Bandeira em “A desordem mundial”. Há ainda lançamento da best-seller Nora Roberts, além de opções infanto-juvenis.

Leia o bate-papo entre o mestre Stephen King e a escritora Karen Russell, de “Doadores de sono”
Entrevistas

Leia o bate-papo entre o mestre Stephen King e a escritora Karen Russell, de “Doadores de sono”

Autora de “Doadores de sono”, recém-lançado no Brasil pela Record, a finalista do Prêmio Pulitzer Karen Russell reuniu-se com o lendário Stephen King para um bate-papo sobre livros de terror e muito mais. A conversa foi proposta e mediada pelo site Goodreads, e aqui você lê a transcrição traduzida do papo. A dupla falou sobre seus livros, suas inspirações e processos de escrita. 

Conheça Pam Gonçalves, autora de “Boa noite”, livro da Record mais vendido na Bienal
Perfil

Conheça Pam Gonçalves, autora de “Boa noite”, livro da Record mais vendido na Bienal

Dona de um canal de vídeos com mais de 8 milhões de visualizações, onde resenha e indica livros, a booktuber Pam Gonçalves vem, aos poucos, cruzando a linha para o “outro lado”. Estreou na ficção na coletânea de contos “O amor nos tempos de #likes”. Agora, lança “Boa noite”, seu primeiro romance, e o livro mais vendido do estande da Record na Bienal de São Paulo.

Pesquisadora e escritora Debora Diniz resenha o livro “A tortura como arma de guerra”
Record convida

Pesquisadora e escritora Debora Diniz resenha o livro “A tortura como arma de guerra”

Autora de livros como “Cadeia” e “Zika: do sertão nordestino à ameaça global” pela Civilização Brasileira, a pesquisadora Debora Diniz resenha neste texto o livro “A tortura como arma de guerra”, de Leneide Duarte-Plon. Lançada pela mesma editora, a obra mostra como a França exportou para o Brasil todo o arcabouço do terrorismo de Estado, que incluía a tortura e a eliminação física de opositores.

Novo romance de Tezza e mais dois exemplares da série “A garota do calendário”
Quentinho da gráfica

Novo romance de Tezza e mais dois exemplares da série “A garota do calendário”

Recebemos da gráfica “A tradutora”, novo livro do premiado escritor Cristovão Tezza, que traz de volta a personagem Beatriz, do romance “Um erro emocional”. Chegaram também os exemplares de setembro e outubro da série best-seller “A garota do calendário”, além de “A nona vida de Louis Drax” e “Deuses e monstros”. Também está entre os quentinhos da semana “O grande experimento”, sobre a história da revolução americana de 1776.

Posts Populares
Não passarão

Não passarão

Este website usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Navegando neste site você consente com a nossa Política de Privacidade.

Leia Mais