Assuntojose olympio
Lançamentos da semana (24/7)
Lançamentos

Lançamentos da semana (24/7)

Esta semana chegam às livrarias “Norma”, novo livro da escritora finlandesa Sofi Oksanen, “O grande debate”, em que o jornalista Yuval Levin investiga as origens da dicotomia entre direita e esquerda, “O que aconteceu na nossa infância e o que fizemos com isso”, de Laura Gutman, e “Um reino e suas repúblicas no Atlântico”, sobre as comunicações políticas entre Portugal, Brasil e Angola nos séculos XVII e XVII. Também estão entre os lançamentos “Pequenos Reparos”, livro de poesias de Omar Salomão, e “Coisas nossas”, que reúne crônicas sobre o Rio de Luiz Antonio Simas. Completam a lista “A torre do terror”, de Jennifer McMahon, “Starcraft Evolução”, de Timoty Zhang, “Mate o próximo”, de Federico Axat, “O fugitivo de Oza-Gora”, “Homens de armas”, de Terry Pratchett, e “Perto o bastante para tocar”, de Colleen Oakley.

Quatro livros com temas delicados narrados por crianças
Dica de leitura

Quatro livros com temas delicados narrados por crianças

Tem certos temas que são difíceis de se falar com crianças. E a literatura pode ser uma boa aliada nessas horas. Até porque existem muitos livros que são narrados por elas e ajudam a suavizar assuntos árduos. A assessora de imprensa Mariana Moreno selecionou quatro livros do Grupo Editorial Record que são narrados por crianças e que falam sobre racismo, holocausto, abuso sexual e opressão.

“Pequenos reparos”, de Omar Salomão
Entrevistas

“Pequenos reparos”, de Omar Salomão

Poeta e artista plástico, ele lança seu primeiro livro pela José Olympio no próximo dia 18 de julho, no Rio. Leia entrevista do autor a Cecilia Brandi, na qual fala do processo de criação do livro, permeado de palavras, desenhos, fotos e manuscritos.

Lançamentos da semana (5/6)
Lançamentos

Lançamentos da semana (5/6)

Nesta semana, chegam às livrarias diversos livros de não-ficção, romances e um thriller. Os lançamentos são “BRICS e o futuro da ordem global”, de Oliver Stuenkel, “Ridículo político:uma investigação sobre o risível, a manipulação da imagem e o esteticamente correto”, de Marcia Tiburi, “O Mundo não vai acabar”, de Tatian Salem Levy, e “A caixa-preta da governança”, de Sandra Guerra. Entre os romances, as novidades são “Minha vida não tão perfeita, de Sophie Kinsella, “Um acordo de cavalheiros, de Lucy Vargas, “Casada até quarta”, de Catherine Bybee, e “O sorriso da hiena”, de Gustavo Ávila. O autor, que estreia na Verus Editora, já havia lançado o livro de forma independente na internet, tendo ocupado uma das posições entre os mais vendidos na Amazon Brasil.

Programação da Flip terá seis autores do Grupo Editorial Record
Notícias

Programação da Flip terá seis autores do Grupo Editorial Record

A Flip divulgou sua programação de 2017 nesta terça, e seis autores do Grupo estão entre os convidados. Leila Guerriero, Ana Miranda, Alberto Mussa, Ana Maria Gonçalves, Luiz Antonio Simas e Jacques Fux estarão no evento literário, que acontece de 26 a 30 de julho, e vai homenagear o escritor Lima Barreto. Saiba mais a seguir.

De chick lit a ensaios que misturam política e literatura
Quentinho da gráfica

De chick lit a ensaios que misturam política e literatura

Na fornada desta semana, recebemos títulos para diversos gostos. Para os fãs de chick lit, a novidade é “Minha vida não tão perfeita”, novo livro de Sophie Kinsella. Também chegou “ABC do amor”, que reúne histórias românticas escritas por A. C. Meyer,Brittainy C. Cherry e Camila Moreira. Ainda na fornada da semana está “Travessia”, último livro da saga “A casa das sete mulheres”. Pela não-ficção, acabaram de sair da gráfica “A alma do mundo”, de Roger Scruton, “O mundo não vai acabar”, livro de ensaios de Tatiana Salem Levy, “BRICS e o futuro da ordem global”, de Oliver Stuenkel, e “O bebê destruiu meu diário”, um álbum divertido para pais surtados.

“O mundo não vai acabar”, de Tatiana Salem Levy
Entrevistas

“O mundo não vai acabar”, de Tatiana Salem Levy

Nesta quarta, Tatiana Salem Levy lança, na Travessa do Leblon, “O mundo não vai acabar”, coletânea de ensaios sobre literatura, história e temas contemporâneos, que vão da eleição de Trump à crise política no Brasil, passando por violência contra as mulheres, homofobia e xenofobia. Leia entrevista com a autora sobre a obra.

Edições comemorativas e estreias em destaque
Quentinho da gráfica

Edições comemorativas e estreias em destaque

A gráfica traz essa semana uma série de bons lançamentos: as edições comemorativas de “Tremor de terra” e “O livro das princesas”, celebram respectivamente os 50 anos do primeiro livro de Luiz Vilela e os 10 anos da Galera Record. Há ainda o novo livro de Marcia Tiburi, “Ridículo político”, e a estreia de Gustavo Ávila com “O sorriso da hiena” após seu grande sucesso na internet. “A caixa-preta da governança”, excelente guia com conselhos de administração, “Um acordo de cavalheiros”, primeiro romance histórico de Lucy Vargas no grupo, e “Dez contos escolhidos de Eça de Queirós” completam a lista.

Deveríamos incendiar nossos escritórios, mas preferimos não fazê-lo
Prata da Casa

Deveríamos incendiar nossos escritórios, mas preferimos não fazê-lo

A partir do personagem principal de “Bartleby, o escrivão”, cuja nova edição foi lançada recentemente pela José Olympio, a estagiária Nathalia Barbosa, do departamento de marketing, reflete sobre o arquétipo dos rebeldes na literatura e sobre o quanto o “prefiro não fazê-lo” de Bartlebly pode nos ensinar sobre vontade, escolhas e passividade.

Posts Populares

Este website usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Navegando neste site você consente com a nossa Política de Privacidade.

Leia Mais