AssuntoO preto que falava iídiche
“O preto que falava iídiche”, de Nei Lopes
Entrevistas

“O preto que falava iídiche”, de Nei Lopes

Uma saga afro-judaica-brasileira desfilada como num carnaval, da Praça Onze à África, passando pelo bairro carioca de Irajá, pelos estados de Porto Alegre, São Paulo e Bahia e atravessando o sertão brasileiro numa coluna revolucionária: essa é a história de Nozinho, o negro que tinha o dom de aprender línguas, se apaixonou e foi correspondido pela moça judia Raquel, mas viu decretado seu amor proibido, por causa das diferenças de cor. Nei Lopes lança “O preto que falava iídiche” nesta segunda, dia 4 de junho, no Rio, às 19h, na Livraria da Travessa de Botafogo; e na quinta, dia 7, em São Paulo, no mesmo horário, na Livraria da Vila, com presença da autora Ana Maria Gonçalves. Leia a entrevista a seguir.

Lançamentos da semana (07/05)
Lançamentos

Lançamentos da semana (07/05)

Nesta semana, chega às livrarias a nova edição de “Autorretrato e outras crônicas”, de Carlos Drummond de Andrade. Além da nova capa, a obra ganha encarte com fotos e uma seleção de correspondências inéditas do poeta com Alfredo Machado, fundador da editora Record. Outros destaques entre os lançamentos são “O preto que falava iídiche”, de Nei Lopes, “Terra das mulheres”, de Charlotte Perkins Gilman e “Cuide de seus pais antes que seja tarde”, de Fabrício Carpinejar. Pela BestSeller, Leila Navarro, uma das maiores palestrantes do Brasil e Djalma Pinho, economista, coach e Ph.D em Filosofia da Teologia, lançam, respectivamente, “Virar o jogo” e “Desvende o poder da inteligência espiritual”. Há ainda “Ganhar de lavada”, de Scott Adams, “Exodus”, de Leon Uris, que ganha nova edição em homenagem aos 70 anos da formação do estado de Israel, e “Videogame e violência”, de Salah H.Khaled Jr. Completam a lista: “Literalmente amigas”, de Laura Conrado e Marina Carvalho, “O amante da princesa”, de Larissa Siriani, “Senhorita Aurora”, de Babi A. Sette, “Um amor perdido”, de Alyson Richman e “Napoleão e o rebelde”, de Noga Arikha e Marcello Simonetta.

Novo livro de Nei Lopes e reedições de obras importantes são os destaques da semana
Quentinho da gráfica

Novo livro de Nei Lopes e reedições de obras importantes são os destaques da semana

A gráfica rodou esta semana o aguardado novo livro de Nei Lopes, “O preto que falava iídiche”, no qual o autor faz suas habituais reflexões profundas sobre arte, religiosidade e costumes, tendo personagens negros como protagonistas. Chegaram ainda a nova edição de “Como falar em público e influenciar pessoas no mundo dos negócios”, um clássico da arte da oratória do best-seller Dale Carnegie; e “Hannah Arendt: Pensamento, persuasão e poder”, estudo abrangente do intelectual Celso Lafer sobre a pensadora alemã. Outra boa novidade é “Em nome de quem?”, livro-reportagem no qual a jornalista Andrea Dip investiga a escalada das igrejas evangélicas ao poder. A lista se completa com “O tipo certo de garota errada”, novo romance da autora A. C. Meyer.

Posts Populares

Este website usa cookies para melhorar a experiência do usuário. Navegando neste site você consente com a nossa Política de Privacidade.

Leia Mais